Devaneios

Podia ser diferente, mas continua igual. Podia fazer por mim, ou por ti, talvez pelos dois. Mas não, permaneço no meu refúgio, naquele para a vida.
Mas hoje, hoje não sei nada mais.Apenas sigo, olho, e tento entender o mundo. Mas meio que paro e desisto. Amanhã é outro dia. Logo se verá, apenas olho, nada mais.

Devaneios

A vida é feita de encontros e de desencontroa. De pessoas que passam e vão, das que ficam, das que voltam.
Por vezes, ao olharmos para trás não conseguimos perceber como é que uma pessoa foi tão importante para nós em determinado momento.
E hoje em dia não nos diz absolutamente nada.

Devaneios

Eu

Não. Não são lamúrias. Mas são pensamentos. Os meus, os de muitas pessoas que no meu lugar gostariam de expressar, de dar a conhecer cada um deles. Mas reservam-se, cada um depende do que consegue fazer. Se é fácil? Não, nem sempre. Acredita. Saber olhar, saber pensar e saber se é realmente o que queremos fazer.
Hoje, tento encontrar as palavras certas para descrever, posso repeti-las vezes sem conta, é verdade. Mas sei que vou mudar.
Mudar.. Por mim, não pelo que dizem. O sentimento de mágoa, quando pensam-se melhores. Mas ninguém é melhor que ninguém. Não é a tua roupa,que te define. Não o teu telemóvel ou o calçado. A tua personalidade, essa sim te define.
Essa que as pessoas querem conhecer. Mas que nem sempre optas por demonstrar. Ou preferes ir com cuidado, para não saires magoada, mais uma vez, por quem dizia não te deixar, magoar.. Mas deixou!
Cada boca, cada olhar, esses só te tornam mais forte. Não são as duplas personalidades, que necessitas. Os verdadeiros, que são poucos, mas ainda existem. Cuidado.
Hoje sou mais forte, ontem era a mais fraca. Acredito que o passado, são lições para o meu futuro, o amanhã. Para não voltar a cair na tentação!!

Devaneios

Dia da Mãe..

Para ser sincera, não me lembrava mais do significado de tal dia, acreditas?

Após tantos anos sem, tornou-se um dia norma, um dia sem importância. Tive de ir ver o significado de tal dia. Mais um dia. Mais um ano sem ti.
Mais lágrimas atrás de lágrimas. Não devemos ficar no passado. Mas este passado,que tem um nome demasiado forte para poder deixá-lo de parte.

Mãe é sempre mãe. Mas mãe é aquela que fica. Aquela que ama.Aquela que está nos melhores e nos piores momentos. Aquela que seca as lágrimas, sempre.
Não aquela que vai embora. Não aquela que abandona. Aquela que agiu da pior forma com os filhos.

Muito mais não vou dizer. Apenas gostava de ter ter perto..Mas não agora.. Mas sim se permanecesses logo de inicio.. Mas estás melhor com outras pessoas do que os teus filhos.. Espero que quando te arrependeres não venhas pedir perdão. Porque ai, eu vou fazer te o mesmo que sempre nos fizeste.. Aos teus filhos, aqueles que dizes que não existem.