Fala me

Fala-me ao ouvido tudo aquilo que eu desejo e anseio ouvir e tudo o que tanto anseias falar-me.
Não sejas cruel, ao ponto de me atraires para ti e do nada teres a capacidade absurda de me afastares totalmente de ti, enquanto conto as estrelas.
Diz-me que me queres do teu lado hoje e todos os dias, mas não me digas nunca que terei de ver o nosso fim alguma vez. Fala-me se fores capaz de dizeres tudo o que sentes sem mentiras e ilusões. Fala-me sorrindo que me amas, fala-me bem no ouvido até a minha pele se arrepiar com o teu toque.
Fala-me sem entraves, sem que te diga para parares. Olha-me nos olhos e fala-me o que lês neles.
Fala-me apenas de que ficarás comigo, que não te aborrecerás do meu feitio quando estiver naquela altura do mês ou que não vais embora há minima discussão.
Fala-me que me amas como te amo!
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s