Regresso às Aulas

Exames..

Resultado de imagem para exames

Olá 🙂

Hoje estou aqui pra um tema que para muitos jovens é comum, tal como pra mim . Os exames…. Esses chatos que temos de fazer no 11º ano e de facto não apetece mesmo.
Torna-se um ano intenso de luta, de noites mal dormidas, de estudo intensivo para testes, trabalhos, mini-fichas. Um acumular de sensações e expriências esgotantes para os jovens.
Posso dizer mesmo que para mim este ano foi o ano que cresci, pois no 10ºano acabamos muitas vezes por não ter totalmente a consciência de que estamos no secundário e a sensação de ter deixado o 9ºano ainda é tão recente que quando acordamos .. ai já estamos prestes a terminar as aulas de 3ºPeríodo e avistar cada vez mais os exames..
Mas na verdade os exames não devem ser encarados como bichos de sete cabeças , porém como algo bom. Sei que se devem questionar como pode ser algo bom?? Se é um exame em que temos de estudar dois manuais enormes e não conseguimos mais porque o ano foi esgotante??
Eis uma outra questão, onde conseguir arranjar força para poder fazer os exames, e conseguir estudar pelos tão poucos dias que temos?
Eu própria procuro a resposta todos os dias pois posso dizer também de que estou cansadissima, e vocês não sentem que já estão nas últimas?
Mas ha que lutar para conseguir e não deixar agora morrermos na praia e lutar por mais complicado e chato que seja quando só queriamos poder não ter de nos preocupar com os exames..
Boa sorte a todos

Devaneios

Jamais te esquecerei…

Jamais te esquecerei. Mas chegou a altura de me deixares ir…Deixa-me ser livre!
Estou presa a ti, de correntes invisíveis onde só tu possuis a única chave que as permite abrir. E por isso, imploro-te que me deixes ir. Que me soltes.
De que me serve ser um pássaro se já não tenho asas para voar mais além? De que me serve um violino se não tenho cordas para preencher o mundo de doces melodias?
De que me serve ser mar se não tenho um manto de areia para abraçar? De que me vale ser eu? Uma alma selvagem se tu me mantens acorrentada?
Sinto que tens medo que vá para não mais voltar…contudo não tenhas receio…eu não te vou esquecer. Vou levar-te sempre comigo, mas chegou a hora de me deixares ir!
Devolve-me as asas e prometo enviar-te mensagens através do vento a contar-te as minhas aventuras. Devolve-me as minhas cordas para que, possa espalhar a minha melodia com o violino. Deixa-me ser mar novamente que, prometo abraçar a areia do mesmo jeito que te abraçava para que, no Verão ela te abrace e assim possas sentir-me novamente.
Mas…o que eu mais te peço é que me devolvas! Deixa-me voltar a ser eu! Que prometo ser a rapariga que te virou a vida do avesso!
Deixa-me ir…eu não te vou esquecer…mas agora, é altura de ir!
 Foto de Simples Palavras.
Terças Favoritas

Criei uma página no facebook!!

A criação da página “Simples Palavras” , surgiu posteriormente a todos os devaneios aqui publicados no blog que tiveram grande sucesso e no wattpad com o mesmo titulo. Foi o meu incentivo para dar um passo em frente e não desistir de mais um objetivo que eu tinha.
Sem esquecer, o apoio incondicional de uma amiga que me ajudava na recolha de imagens para poder publicar na página, e ver que as pessoas também ali sem saberem que eu sou na verdade, gostam do que escrevo. É de facto algo maravilhoso pela sensação ser muito boa , e sentir que algo que faço é gratificante para as pessoas.
Contudo , tenho umas grandes amigas minhas que até dão para a escrita e uma delas tem um blog. E tive uma excelente ideia, de me unir a elas e gerir a página e assim cada uma pode publicar e somos apenas uma nos apoiando.
Aproveito para deixar aqui o link: https://www.facebook.com/Simplesela/

Sem categoria

Sinto-me como uma criança..

Como explicar o estado em que me deixas? Nem consigo arranjar os termos certos para to dizer bem, mas duma coisa eu sei, que és tipo a melhor prenda que algum dia poderia desejar ter. Sim isso mesmo, és melhor que qualquer peluche ou brinquedo que tanto queria ha pouco tempo. Tu tens a capacidade de me prenderes a ti sem que eu o desejasse . Mas não te culpo, apenas te agradeço de o teres feito e me fazeres sentir o que não sentia faz um longo tempo.  És o meu peluche de verdade, que fala tudo o que eu tanto gosto, que me ama verdadeiramente e desta vez eu sinto que é de verdade mesmo que tenha medo de me poder magoar tenho de viver o presente e eu amo-o da forma que está a ser e faz-me desejar que nunca termine pra que não vás sem justificação plausivel para me fazeres acreditar que tudo mudou. A pura verdade és tu, fazes-me sentir completa sabendo que longe ou perto te posso chamar de meu, fazes surgir um sorriso no meu rosto com um simples olhar teu, fazes-me ver o quanto deverias ter sido sempre tu pois sinto-me eu mesma, na verdade sinto-me como nunca antes havia me sentido.  A ti irei sempre te agradecer vezes sem conta sabes porque? Porque nunca me vou cansar de o fazer independentemente de me tornar repetitiva, pois tu sabes o quanto me completas e me fazes sempre a melhor pessoa devido ao teres surgido na minha vida. Aliás agora a minha vida és tu, és a minha prioridade, és o melhor de hoje ontem e sempre, contigo desejo uma vida a teu lado. Bora ser duas crianças felizes e fazer a nossa familia?
Amo-te