A Culpa é das Estrelas

Olá Babes

Estamos de volta para mais uma Terças Favoritas, pensavam que me tinham esquecido não não esqueci!
Como podem ver pelo título vou começar uma nova  parte de mim para o blog, graças a uma rapariga que me tem seguido e inicialmente me ajudou e incentivou para continuar.Um obrigado a ti Ana Ribeiro.

O título é um dos livros se não me engano, mais lido por jovens mal saiu tanto como o filme. E eu sou uma prova viva de que mal saiu, quis ver o filme e mal tive oportunidade arranjei o livro que tanto queria.
Juro-vos que estou com um pouco receio deste novo post, pois não sei se terá grande aderência por parte do público e nunca sei como iniciá-lo ,acreditem… Como sabem sou da área de humanidades (estou quase sempre a mencioná-lo também) , e implica desde a nossa entrada sermos alunos assiduos na leitura e gostarmos de livros e de escrever.
Sim é verdade, mesmo que exista alguém que não concorde. Tenho de vos dizer que sim , mal entrei para o inicio desta grande aventura, notei que os professores exigiam isso, impõe isso , e também não concordo muito pelo motivo que havia pessoas na minha turma (senão praticamente maioria dela) que não tinha o mesmo gosto pela leitura e havia optado pelo curso por motivos diversos ao meu.
Escolhi a disciplina de Literatura Portuguesa, acabei por me por num beco sem saída não é que não goste da disciplina porém tive péssimas notas e senti que ali não estava bem no sentido de não ter futuro com a disciplina.
O meu feitio é muito malandro, sou muito teimosa. Foi o que aconteceu, continuo em Literatura mesmo sabendo que as minhas notas não são as melhores, e fui ao exame nacional mesmo sabendo que poderia arriscar-me a nada porque eu pouco sei para os testes quanto mais para um exame que exigia o conhecimento de dois anos letivos.
Amo ler , amo escrever, e pretendia esta área por isso foi o motivo que a escolhi.

Sobre o livro…

A Culpa é das Estrelas ... é só um dos melhores livros para mim, apesar de gostar de tantos outros que já li mas não me consigo decidir qual o favorito.
Retrata uma doença que atualmente qualquer pessoa pode ter sem desejar sem pedir.. simplesmente acontece… simplesmente é a pior noticia que se pode ter pois ao tê-la parece que o mundo pára imediatamente e só vemos uma coisa, a morte a qualquer instante.
O facto de ser retrato numa jovem de 16 anos , Hazel Grace. É como se eu própria vivesse dentro da história mesmo nunca tendo passado por isto e mesmo sabendo que é ficção do que acaba sendo realidade tantas e tantas vezes.
Ao ler este livro… Sinto e senti que são sonhos e uma vida que pode terminar a qualquer momento e isso é devastador para a pessoa que o tem e para os pais , torna-se uma dor impossivel de saber como lidar. é um não estar ha espera de que a qualquer momento tudo se acabe, não estar ha espera que simplesmente vamos deixar quem tanto gostavamos , que vão sofrer com a nossa ausência pra sempre..
Uma reflexão…. Nunca deixes os teus sonhos para último pois a vida prega partidas. Devemos aproveitar cada momento ao máximo e desejar sempre mais daquele género, ser felizes sempre!!

Amar alguém pela primeira vez é maravilhoso.. A Hazel apaixonou se pelo Gus sem desejar, tal como ele, mas ambos sabiam que algum dia a vida lhes podia pregar a partida fatal!
Ela tinha cancro… Ele também e encontrava-se ja sem um pé….
Ela passou imensos anos em hospitais, aos 13 anos pensava que era a última vez que veria os pais, e ao ter de rapar o cabelo foi a opção mais dolorosa para si.
Agora com 16 ela desejava ter uma vida como os jovens “normais” tinham, mesmo sabendo que tinha de andar com uma máquina de oxigénio atrás de si pois os seus pulmões nem sempre colaboravam com ela. Ela queria ser essa menina que tinha várias vivências e sensações ao mesmo tempo.
E conseguiu… o amor por alguém parecido com ela , mas tão diferente…

Completavam se assim da maneira deles, ambos estavam felizes. Amar a primeira vez, nunca é um acaso pois essa pessoa nunca é esquecida ,deixa sempre uma marca na nossa vida por mais que seja breve… A marca permanece e o seu lugar no coração de quem cá fica também.
Aproveitaram o sonho que ele ainda tinha por concretizar, o Gus desejava faze-la feliz porque queria conhecer o autor do livro que ela lia e nunca o terminou .. Isso intrigava-a .. Foram a Amesterdão, e ai pude conhecer o autor do livro contudo ele não foi o melhor com ambos.
Certo dia, a vida encarregou-se da maior partida de sempre… Decidiu trazer ao Gus o medo… E passado uma semana o Gus não aguentou e faleceu… A dor que a Hazel sentiu, não sei explicar-vos… Mas ela amava-o verdadeiramente. E quem não sabe o que é amar alguém verdadeiramente e a vida nos pregar a partida malvada?? É complicado..

 

Citações:

« Augustus perguntou: – Acreditas na vida depois da morte?
-Acho que o sempre é um conceito incorreto – respondi. »

« Uma Aflição Imperiosa

“O sol que se ergue demasiado brilhante para os olhos perdedores dela.”

-Mas tu tens medo do esquecimento.
-Claro que tenho medo do esquecimento. Mas, quer dizer, não quero soar como os meus pais, mas acredito que os humanos têm almas e acredito na manutenção das almas.  O medo do esquecimento é uma coisa diferente, um medo de não conseguir dar nada em troca pela minha vida. Se não vivermos uma vida ao serviço de um bem maior,pelo menos temos de morrer uma morte ao serviço de um bem maior, percebes? E eu tenho medo de não ter nem uma vida nem uma morte como significado.»

Opinião

Sobre a minha opinião a cerca do livro, espero ter conseguido fazer-vos um resumo (ou tentativa) pois nem sempre consigo muito bem.
Eu amei ler este livro pois tocou-me bastante e fez-me ver que não podemos desistir das coisas á primeira e não podemos deixar as nossas coisas para trás para fazer pelo bem dos outros.
A meu ver, encorajou-me bastante para conseguir ver que estarmos bem é essencial mesmo que estejamos em baixo, que temos de viver a vida .

Espero que gostem

 

 

Anúncios

3 Replies to “A Culpa é das Estrelas”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s