Devaneios

Bloggers Portugal | Desafios Pessoais

Olá a todos, como estão? Viram o comunicado que foi feito pelo Presidente? Sejamos todos conscientes e quem puder ficar em casa que o faça. Por aqui mantém-se tudo miminamente normal e o trabalho vai continuar em contacto com o público, por isso todas as pessoas que tenham consciência de quem está do lado de lá também é um ser humano e vamos ajudar-nos <3.

Para esta Quinta-feira e não falando de atualidade porque já estamos nós cheios de noticias a cada 5 segundos, trago eu mais um belo texto do desafio do grupo do facebook. A verdade foi que para a sua elaboração não foi de todo fácil, pois não sabia muito bem o que escrever. Também como podem ver pelo título ás vezes não é fácil expressar certas ou até não perdemos tanto tempo assim a falar delas. Eu sou uma dessas pessoas que raramente penso nisso posso admitir, por isso vou tentar que saia algo de jeito daqui.

Desafios fazem de nós pessoas experientes, experientes na aprendizagem, na mudança, na liderança com algo/alguém, na forma de ser perante tudo o que vamos enfrentar dai para a frente. E a verdade é que nem sempre valorizamos os nossos desafios, ou nos colocamos todos os dias em desafio. Tu colocas? Tens sucesso? Eu… Eu não me coloco, eu tento superar-me melhor ainda que no dia anterior, que na semana passada, eu aprendo. Aprendo com os desafios, aprendo com as pessoas que me rodeiam, aprendo a aprender, aprendo a ser melhor pessoa, aprendo para a vida que tudo muda quando menos se espera. E a prova disso?

A prova disso está no momento em que vos escrevo o texto no sofá , de uma casa que é nova para mim, mais um desconhecido. Aventuro-me no desconhecido, na maré das atrocidades da vida (aliás mais uma) mas sem dúvida que me torna mais madura. Faz-me chorar, sou um ser humano mas faz sentir-me orgulhosa disso. Sentir que consegui, que lutei , que fui forte, que não baixei os braços, que pude contar com quem merecia mais de mim. E sorri!

Sorri porque a vida toda ela é um desafio, todos os dias que acordamos é um novo desafio. Um desafio que superamos todos os dias, quando nos voltamos a deitar para acordar no dia seguinte. Um desafio que não podemos dizer que não nos apetece, porque a vida é isso mesmo, nem que seja ir até ha curva da rua. Mas fomos, andamos, corremos… o que for. Mas não desistimos.

E aqui fica mais um texto, sei que não está grande coisa mas foi o que consegui fazer de momento. Espero que gostem, e vamos proteger-nos.

Devaneios · Projetos

Bloggers Portugal | Amor Próprio

Olá a todos, como estão? Para esta sexta feira trago-vos um post um pouco diferente. Um post dedicado a um grupo de Bloggers no facebook, onde sou moderadora e onde tentamos manter o grupo ativo e achamos por bem criar esta nova “face” ao grupo tentando também aproximar todos os bloggers e instagrammers que por lá estão. No mês de fevereiro a escolha foi Amor Próprio , um tema que tem tanto que se lhe diga não concordam ?

Como foi a vossa semana ? Espero que tenha corrido bem , por cá foi uma semana inicialmente cansativa mas depois aligeirou o que se tornou positivo claro. Como tive duas folgas foi possível deixar o conteúdo prontinho como queria e claro repor todas as horas de sono que faltavam.

Assim aproveito também para vos falar de que o Giveway no instagram continua ativo por isso aproveita para participar que eu vou gostar de te ter connosco por lá.

Ama(r)-te​!


Como dizer-te isto? Como não tornar desagradável algo que te quero dizer, pois é algo que quero que te mentalizes, Tu, eu, o vizinho do lado, aquela pessoa que tu admiras, aliás o mundo!Confuso? Talvez. Mas eu passo a explicar…


Quero que te mentalizes que te quero aqui, perguntas-te quem. Eu respondo. EU. Como posso responder a mim mesma? É fácil. Quero que o meu eu exterior comunique com o interior. Quero que ambos saibam, o que o mundo sabe e todos têm de saber :Amor Próprio é importante!Quero que Tu não sejas mais para chegar aos pés de alguém só porque aquela pessoa te vê de forma diferente. Que não sejas, ou te obrigues a ser porque só te vê assim.Que não sejas, para satisfazer gostos. Que não sejas, para satisfazer prazeres.Que não sejas, para ser um cartaz simbólico.Que não sejas, para sofrer.Que não sejas, para ser humilhada.Que não sejas, para ser ridícularizada.Que não sejas, para ser inferior.Que não sejas, para te rebaixar.Que não sejas, para não sorrir.Que não sejas, para não sentir.


Em suma? Que não sejas tudo aquilo que te impedem de ser. Que sejas ​TU​​​.Que sorris.Que satisfaças apenas o que gostas.Que dês importância a quem és.Que dês importância ao facto de seres uma pessoa.Que dês importância ao facto de teres sentimentos.Que sintas que o teu Amor-Próprio seja maior que tudo o resto, maior que a tristeza daquele segundo, a agonia daquele segundo, a ilusão daquele segundo. Acima de tudo sintas que não podes permitir aquilo que não tens de aceitar. O que tu jamais podes permitir porque és alguém, és muito mais do que aquilo que podes imaginar. És tu e isso? É mais do que podes imaginar para um primeiro passo.Ama-te. Amor proprio. Quer-te como és. Sorri. 

Aqui fica o meu texto, que achaste ? O que é para ti Amor Próprio?

Devaneios

Devaneios | Procuro encontrar-me…

Olá a todos como estão? Espero que a vossa semana vos esteja a correr bem , por cá maioritariamente foi folga e não pensem que é ser-se sortudo por isso porque sou sicnera que é uma tremenda chatice ao segundo dia quanto mais o terceiro. Porém há sempre que tentar empatar-nos a fazer algo por mais que durma até tarde ( o que sabe sempre bem).

Para quem não me conhece assim faz tanto tempo , não sabe que além de gostar de escrever no blogue, gosto de escrever histórias ( faz um tempinho que não o faço) mas principalmente gosto de escrever os meus textos quando me dá na cabeça sobre o que quer que seja. Sem um tema especifico, ou sem alguém em especifico, quando começo a escrever sai diversas coisas mesmo que apague mil vezes. Aqui vos deixo mais uma beldade escrita por mim 🙂

Onde podem ler que nada é cor de rosa por vezes , que todos NÓS seres humanos temos dias melhores e dias piores. Que por vezes há saber onde nos encontrar, ou o que é preciso fazer para tal coisa aconteça. Como também é preciso ser-se nós próprios e muita coisa boa pode acontecer . Espero que gostem do meu texto 🙂



Procuro-me e não me encontro. Procuro e algo que me diz que não estarei ali, mas sim do outro lado. Procuro-me por quem digo ser e não acho mais que me enquadre assim. Mas mesmo assim? Continuo a procurar encontrar-me. Leio e releio milhentas palavras a meu respeito, a respeito ao que sou ou ao que sinto e tento entender algo do que está escrito. Falta algo! Falta-me a mim! Falta-me encontrar quem sou.
Procurar quem quero ser, quem quero que continue a lutar, quem quero que saiba se deva seguir pela direita ou pela esquerda, quem quero que se consciencialize de que as mudanças estão há porta. As mudanças que não queria aceitar e que de um dia para o outro invadiram o meu ser, que me fizeram perder-me, que me fizeram deixar de saber quem sou. Ou será que alguma vez soube? Será que alguma vez saberei? Será que realmente vou querer que essas mudanças me encontrem enquanto percorro o caminho a encontrar-me? Talvez sim. Talvez não. Que quererei então eu? Encontrar-me eu sei. Mas procurar-me sei? Na essência do que acho que sou e daquilo que espero ser melhor ainda, será que sei?

Encontrar-me para saber que serei mil vezes melhor, mil vezes mais insistente, mil vezes mais forte, mil vezes mais feliz. Talvez me encontre depois disso. Depois de sentir que estou aqui. Que estou eu. Que encontrei onde procurar por quem sou. Que encontrei como solucionar o vazio por cima do ombro mesmo que um pequeno zumbido me faça sentir incomodada. Mas acima de tudo? Encontrei um pedacinho do puzzle. Um pedacinho que falta juntar a tantos milhares de outros pedacinhos para poder encontrar-me, através de toda a pesquisa persistente por quem sou, por quem serei, e por quem quero um dia ser recordada.
❤️

E tu já te procuraste para te encontrar?

Até amanhã e um beijinho

Devaneios · Sem categoria

Queria poder olhar-te (…)

Bons dias como estão? Espero que o vosso fim de semana esteja a correr bem, por aqui estão muito bem até! Hoje decidi apostar em trazer-vos um post um pouco diferente, um texto meu.

Para quem não sabe, eu escrevo na aplicação Wattpad e por vezes aproveito para pôr lá alguns dos textos que escrevo para as pessoas que lá me seguem. Contudo gosto de vos dar a conhecer também os meus momentos de contacto comigo própria. Espero que gostem 🙂

Queria poder olhar-te.

Queria poder olhar-te nos olhos e dizer-te o que não te disse.
Queria poder olhar-te na alma e dizer o que a minha boca não conseguiu dizer.
Queria poder olhar-te ao passar daquela esquina e poder dizer-te o que fui incapaz de soletrar no silêncio das palavras.
Queria poder dizer-te que sinto a tua ausência, nas falhas dos meus atos e palavras.
Queria poder dizer-te que sinto que preciso de ti aqui, mas isso seria estar a ceder?
Queria poder dizer-te tudo isso, mas estaria a ser fraca?
Não poderei ceder, ou poderei?
Poderei eu dizer-te tudo o que ficou por dizer?
Poderei eu olhar-te?

Imagem google

Aqui fica mais um post, vai ficando atento ao instagram, espero que gostes

Devaneios

A Tua Garra!

Olá a todos, faz tanto tempo que os meus textos ao blogue não chegavam e quando os escrevi senti-me sempre tão livre. Uma magia nas palavras , nas vivências que temos sejam elas permanentes ou uma simples passagem na nossa vida. A verdade é que todas elas nos ensinam de alguma maneira. E hoje trago-vos um texto escrito por mim , espero que gostem.

A garra é a tua que demonstras quando tudo parece mal.

Aquela que por medo. Por receio. Por amares alguém. Por respeitares. Por te iludires. Não demonstras. E isso é errado! Demonstra sempre , demonstra quem tu ÉS! Demonstra quem é a pessoa que ha em ti, a pessoa que não tem medo, a que receia mas não deixa de lutar, a que respeita e não deixa de amar. Mas acima de tudo ? Aquela que quer ser respeitada e amada sem ilusão uma vez mais. A tua garra quis sair e tu impedias, mas um dia tu a deixaste ganhar forma e tomar a sua posição num mundo onde tudo é demasiado injusto! Num mundo que te coloca imensas vezes á prova. A prova de que consegues. De que suportas. De que não te atinge, mas so te torna superior ao que te inferiorizou. Á prova de que sem ti nada é possivel. Á prova de que TU? És mais do que simples pessoa que se esconde.

Não te escondas, mas mostra o que vales! O que sentes. O que queres dizer todas as vezes que te calas. Todas as vezes que omites o teu desejo, o teu sonho. O que és e quem és! A força da tua garra! A tua coragem! A tua desteza e valentia. Pois tu és quem não esperam, quem não sabem que na verdade?….

… ” A garra é a tua quando tudo parece mal!”

Tu… és doce. És linda.És especial. És tu. És inteligente. Mas deixaste-te enganar , esconder, omitir e trair.

És tão mais que tudo isso sabias ? Tu vales mais do que qualquer outro ser que te tente falar o contrario. Demosntra a garra que há em ti, a voz que há em ti.

E nunca te esqueças de ser feliz!

Devaneios

Aprende. Aprende a andar ..

Olá a todos . Hoje é dia de vos trazer algo que não trago faz um bom tempo, Devaneios. Já tinha saudades de escrever sobre sentimentos, sobre tudo mesmo , porém não chegou mais cedo este post porque não sabia ao certo o que escrever e como o estruturar. Preferi esperar e só depois publicar para vocês. Espero que gostem do meu texto.

 

Aprende. Aprende a andar. Aprende os primeiros passos , a dar um rumo em frente, sei que não és mais bebe, Mas anda! Precisas de andar senão o que será de ti? Cairás! Vais perder-te do teu rumo, vais sentir-te no chão. Sentirás a necessidade de voltar a por te em pé para que tudo faça sentido. Mas também sentirás falta do apoio que te colocava em pé quando estavas no chão. Caiste! Estás só. Nada parece ser verdade.. não novamente. Fechas os olhos repentinamente  e com força cerras os dentes como se fosses explodir  e dizes para contigo mesma “não…não novamente não posso perder-me,não posso depender de alguém incapaz de me levantar sempre.. Agora apercebi-me da

realidade “.

Pensavas conhecer a realidade? Mas estás redondamente enganada. Poderá ter sido mera ilusão, momentos de aprendizagem, lutas perdidas e lutas vencidas, mas nunca conhecerás de verdade por onde andas, por quem permites  que te conheça hoje,amanhã e no dia seguinte. É um mis

tério, talvez um quebra-cabeças poder-se-á dizer. Mas e tu? Tu acreditas no quebra-cabeças? Aprende. Aprende a pensar. Quantos anos caiste só e procurante refugio em alguém para te levantar e não havia ninguém? Quanto tempo desejaste encontrar esse alguém e ninguém era suficiente? Achavas-te uma miserável e uma falhada porque tudo corria para o negativo. Lágrimas atrás de lágrimas. Mas sabes? Tens de aprender. Aprende que são lições para a realidade que tens de andar num presente, num futuro. Lições que farão ver-te o lado bom e o lado mau de andar. De saberes o que é valorizares-te somente a ti em primeiro lugar e principalmente amares-te antes de alguém o fazer. Aprende a andar de mãos dadas com a realidade, mas aprende a distinguir as

intoxicações humanas, das verdadeiras pessoas que farão parte da tua vida. Aprende e ama quem sempre te demonstrou o sentimento.

texto

Beijinhos a todos 🙂

Devaneios

Um sorriso incompleto que se completou…

Quis sorrir e falta algo em meu redor. Mas será que na verdade faz tanta falta assim? Para um coração marcado de dor e desilusão, pela qual tu provocaste com ou sem intensão,conseguiste deixar uma marca bem forte sabias?
Secalhar sabes, secalhar estas nem ai, secalhar nada te importa sem ser meramente o teu próprio umbigo. Na verdade, este meu coração destroçado pelo amor maior que alguma vez na vida se pode ter pois é dele que nós vimos ao mundo, encontra-se necessitado de afeto…daquele afeto somente possivel dar por quem entende o que aqui escrevo, aquele afeto que traz conforto em simples palavras, aquele afeto não por ti trocado comigo!
Mas por outra pessoa que neste momento tomou o teu lugar, o meu amor maior, o rapaz capaz de me fazer sentir completa e sem necessitar a 100% de ti por perto.
Se dissesse que não te queria por perto? Não deixa de ser verdade, mas também é verdade que não passa da minha forma de ser e do meu coração destroçado por ti a tentar trazer ao mundo uma imagem durona e fria ,quando tu como assunto vens ao de cima.
Se me perguntassem se te ajudaria um dia mais tarde? Aí digo-te que não o farei, se me puderá doer na alma? Certamente e també poderá levar-me a demonstrar esse sentimento em forma de lágrimas a escorrerrem pela minha face. Mas acredita não me sentirei de consciência pesada, sentir-me-ei de consciência tranquila!! Tranquila porque irás ver a forma como deixaste quem trouxeste ao mundo, irás ver a dor que deixaste em todos os que decidiste abandonar por motivos parvos.
Irás desejar uma mão de conforto dos que abandonaste, mas eu serei a pessoa a dizer-te que não me terás mais como durante 8 anos da minha vida tiveste.
Provocaste muita dor, trouxeste a imagem de mim que eu nunca soube ter , é claro que doi, que é dificil por vezes falar de tal coisa, mas tornei-me igualmente forte capaz de derrotar os maus pensamentos. E as lágrimas que me escorrem pela face sempre que penso se alguma vez te irei ajudar? Como será no dia que partires? Serão as mesmas que sempre senti, de mágoa, de tentativa de ser forte e não conseguir, de te demonstrar tal como nós deixamos de existir para ti, tu nunca exististe para nós. 

É cruel a forma como o escrevo e deves senti-lo tão cruelmente ao leres, deverás já saber a quem me refiro. Pois é a figura maternal, que comigo e com os meus não foi a mais correta.
Muitas vezes fui me a baixo ,mas voltei a erguer-me. E hoje escrevi estas palavras ,como já escrevi tantas outras numa forma de alivio e de deitar tudo cá pra fora e sentir-me capaz de amanhã acordar bem para um novo dia.
Sorri sempre. Essa é a parte mais linda do nosso corpo.
Não te deixes derrotar pelas negatividades. Supera-te, tu consegues! 

 

Mil e um beijinhos

Nota: Peço desculpa por ter estado ausente.. mas prometo voltar á normalidade ..